Surdo oralizado com Implante Coclear e conhecimento de Libras: A dualidade da comunicação

Publicado por: Redação
Fonte: Ronie André/Falar Com As Mão
Imagem: Divugação

O surdo oralizado que utiliza um implante coclear e tem conhecimento da Libras (Língua Brasileira de Sinais) é uma pessoa com deficiência auditiva que consegue ouvir e se comunicar através da fala e da leitura labial graças ao dispositivo eletrônico. Além disso, ela também domina a Libras, o que lhe permite navegar entre o mundo dos ouvintes e o mundo dos surdos com flexibilidade e eficiência.

O que é um Implante Coclear?
O implante coclear é um dispositivo eletrônico que ajuda pessoas com perda auditiva severa a profunda a ouvir. Diferente dos aparelhos auditivos, que amplificam o som, o implante coclear transforma sons em sinais elétricos que estimulam o nervo auditivo diretamente, permitindo que o cérebro os interprete como som.

Como Funciona?
Microfone: Captura os sons do ambiente.
Processador de Fala: Converte esses sons em sinais digitais.
Transmissor e Receptor: Envia os sinais digitais para o implante interno.
Eletrodos: Estimulam o nervo auditivo com sinais elétricos, que são percebidos pelo cérebro como som.

Benefícios do Implante Coclear
Melhora na Audição: Permite ouvir uma ampla gama de sons, desde vozes até ruídos ambientais.
Desenvolvimento da Fala: Facilita o desenvolvimento e a clareza da fala, especialmente em crianças.
Maior Independência: Aumenta a capacidade de se comunicar e participar de atividades sociais e profissionais.

Conhecimento de Libras
A Libras é a língua oficial da comunidade surda no Brasil. Dominar essa língua oferece vários benefícios:
Comunicação Eficaz: Facilita a comunicação com outras pessoas surdas e usuários de Libras.
Flexibilidade: Permite alternar entre a fala e a língua de sinais conforme a situação.
Inclusão: Ajuda a se integrar em diferentes comunidades, tanto ouvintes quanto surdas.

Desafios Enfrentados
Adaptação e Treinamento: Requer um período de adaptação ao implante coclear e treinamento auditivo.
Manutenção: Necessita de manutenção regular do dispositivo e acompanhamento médico.
Complexidade Linguística: Manter a fluência tanto na fala quanto na Libras exige dedicação e prática constante.

Como Apoiar o Surdo Oralizado com Implante Coclear e Conhecimento de Libras
Ambientes Inclusivos: Criar espaços silenciosos e bem iluminados para facilitar a leitura labial e a percepção dos sons.
Educação Bilíngue: Oferecer suporte educacional que inclua tanto a fonoaudiologia quanto a Libras.
Compreensão e Respeito: Ser paciente e respeitar o ritmo de comunicação de cada pessoa. Repetir e falar claramente são essenciais.

Conclusão
O surdo oralizado com implante coclear e conhecimento de Libras possui uma habilidade única de se comunicar em múltiplas formas. Esse recurso duplo não só amplia suas oportunidades de interação social e profissional, mas também promove uma maior inclusão e integração em diferentes comunidades. Com o apoio adequado e a compreensão das suas necessidades, essas pessoas podem levar uma vida rica e plena, aproveitando ao máximo as possibilidades oferecidas pelo implante coclear e pela Libras.

Isabela é surda oralizada com Implante Coclear

 

Compartilhar conteúdo
WhatsApp
Facebook
Telegram